Data da notícia: 20/08/2020

O trabalho dos profissionais da odontologia em tempos de Covid-19
 
A Odontologia Hospitalar tem desempenhado papel significativo para a manutenção das condições de saúde do paciente acometido pelo novo coronavírus. 
 
O enfrentamento da pandemia tem sido uma das maiores batalhas dos profissionais da saúde dos últimos tempos. Cirurgiões-Dentistas, médicos, enfermeiros, farmacêuticos, técnicos, pesquisadores estão se desdobrando em nome da saúde, a fim de preservar a vida de todas as pessoas infectadas. Somados a estes esforços se encontram os profissionais da Odontologia Hospitalar atuando de maneira a colaborar com a promoção de saúde junto aos pacientes hospitalizados.
 
Uma pesquisa, publicada pelo renomado Journal of Intensive Care Medicine, suscitou a importância da aplicação de um “Protocolo de Cuidados Odontológicos Básicos”, atribuindo aos procedimentos odontológicos realizados dentro do hospital, a redução em 46% da incidência de pneumonia aspirativa ventilatória (PAV). 
 
O presidente da Câmara Técnica de Odontologia Hospitalar do CRO-MS, Mário E. Baldo, ressalta a importância da atuação do Cirurgião-Dentista dentro do ambiente hospitalar. “Os pacientes com o novo coronavírus correm sérios riscos de complicações do trato respiratório. A atuação do Cirurgião-Dentista vai além da prevenção específica e passa a ser considerada como um dos fatores responsáveis pela manutenção da saúde do paciente hospitalizado”, afirma. 
 
A Câmara Técnica de Odontologia Hospitalar reitera a importância da manutenção saúde oral, já que a boca é diretamente relacionada ao quantitativo e a presença de bactérias que podem incorrer em infecções das vias aéreas. “Estima-se que mais de 750 espécies de bactérias são comumente encontradas no meio oral, embora o número preciso destes microrganismos seja ainda maior”, completa. 
 
Em Mato Grosso do Sul, a Lei 59/2017, tornou obrigatória a presença de profissionais de Odontologia nas Unidades de Terapia Intensiva do estado.  Com o novo coronavírus, a Odontologia Hospitalar teve de redobrar seus esforços junto aos pacientes e profissionais dentro dos hospitais. “As instituições adotaram protocolos muito mais rigorosos de biossegurança, com monitoramento constante das condições de saúde de suas equipes de trabalho e na prática de intervenções da forma mais segura possível, tanto para o paciente quanto para o profissional”, ressalta o Presidente da Câmara Técnica de Odontologia Hospitalar do CRO-MS.
 
“A atuação do Cirurgião-Dentista dentro do hospital sempre foi uma atividade desafiadora e muitas vezes exaustiva porém sempre gratificante, em tempos de pandemia estamos evoluindo com resultados satisfatórios graças aos esforços e sobretudo pela dedicação desses profissionais de saúde, meu muito obrigado a todos”, completa o Dr. Mário.

Autor: Assessoria
Fonte:


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- CRO-MS recebe cirurgiões-dentistas candidatos a vereador
- Delegacia do CRO-MS em Dourados suspende atendimento presencial
- CRO-MS realiza entrega de Carteira Profissional
- CRO-MS recebe visita de ex-diretores do Conselho
- CRO-MS busca forma de ampliar fluoretação das águas de abastecimento público
- CRO-MS realiza LIVE sobre Controle de aerossóis com a utilização de pontas Low Spray
- CRO-MS realiza webinar nesta quinta-feira
- CRO-MS informa que não terá expediente no dia 7 de setembro
- Anuidade 2020
- CRO-MS realiza reunião pleária de agosto


CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA
UNIVERSIDADES PARCEIRAS


HOME | CONSELHO | DIRETORIA | PROFISSIONAIS | RECADASTRAMENTO | NOTICIAS | OUVIDORIA | MAPA DO SITE


Horário de Atendimento: De Segunda-feira à Sexta-feira das 08:00h às 17:00h
Rua Desembargador Leão Neto do Carmo, 1.812 • Jd. Veraneio • CEP 79037-100 • (Pq. dos Poderes) • FONE: (67) 3321-0149 • Campo Grande • MS