Data da notícia: 29/03/2019

CRO-MS apresenta demandas da odontologia ao governador Reinaldo Azambuja

O CRO-MS esteve reunido com o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, nesta sexta-feira, 29, para debater sobre as políticas de saúde bucal no Estado. O encontro foi realizado na governadoria e participaram: o presidente do CRO-MS, José Wilson Capdeville, os conselheiros, Robson Ajala e Silvania Silvestre, além da gerente de saúde bucal do estado, Márcia Issa Malacrida.

Durante os trabalhos, os representantes do CRO-MS apresentaram as demandas da odontologia em Mato Grosso do Sul.

Na pauta de sugestões levada ao chefe do executivo estadual, Reinaldo Azambuja, estavam pontos como a necessidade de reajuste nos valores de repasses, estabelecidos por meio do Decreto 12.979, de 5 de maio de 2010, aos Centros de Especialidades Odontológicas, Tipos I, II e III. O CRO-MS justifica que atualmente apenas 16 municípios de MS contam com CEO’s implantados e que o aumento da participação do Estado no custeio desses Centros, tornaria mais viável para os municípios a implantação de novos CEO’s, além de ajudar na manutenção dos já existentes.

Também foi sugerido o reajuste dos valores do incentivo das equipes de saúde da família que contam com equipes de saúde bucal. Mato Grosso do Sul é um dos pioneiros no incentivo à odontologia, pois condiciona o repasse a presença obrigatória de equipe de saúde bucal, no entanto, é necessário um maior custeio federal e estadual para que os municípios possam implantar novos serviços.

Ainda foi tratado sobre a implantação do serviço de odontologia hospitalar nas UTI’s dos hospitais da rede estadual e conveniados. A Lei 5.163, de 21 de março de 2018, tornou obrigatória a presença do cirurgião-dentista nas UTI’s.

O CRO-MS ainda sugeriu o retorno do departamento da Coordenação da Saúde Bucal em MS. Atualmente a saúde bucal é representada por uma gerência na coordenação de atenção básica. A mudança seria importante para maior representatividade da área e até mesmo para o relacionamento com o Ministério da Saúde que conta com a Coordenação Nacional de Saúde Bucal.

As pautas foram elencadas durante reunião da Comissão de Saúde Pública do CRO-MS realizada nessa quinta-feira, 28. A comissão é composta por cirurgiões-dentistas que atuam nas redes municipais e estaduais, sendo que alguns já ocuparam ou ocupam posições de gestão da odontologia.

No mês de fevereiro, o CRO-MS também esteve com o ministro da saúde, Dr. Luiz Henrique Mandetta, para tratar sobre assuntos importantes para a odontologia. Na ocasião, foram apresentadas, ao ministro, propostas para expansão do atendimento odontológico de qualidade à população, como foco na valorização do cirurgião-dentista, e de investimentos na saúde bucal pública como um todo.


Autor:
Fonte:


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Ação conjunta flagra exercício ilegal e interdita clínica odontológica em Maracaju
- CRO-MS se reúne com parlamentares
- CRO-MS busca apoio de deputado Capitão Contar
- Comissão de Ensino do CFO conta com Júlio César Leite representando MS
- Rodrigo Mussi representa MS na Comissão do Mercosul do CFO
- Representantes de comissão do CRO-MS participam de 4º Congresso da SBTI
- Odontopediatria é tema de reunião no CRO-MS
- Itaporã irá efetuar registro das UBS
- Gilmar Trevizan participa de Comissão de Políticas Públicas do CFO
- CRO-MS realiza reunião com deputado estadual


CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA
UNIVERSIDADES PARCEIRAS


HOME | CONSELHO | DIRETORIA | PROFISSIONAIS | RECADASTRAMENTO | NOTICIAS | OUVIDORIA | MAPA DO SITE


Horário de Atendimento: De Segunda-feira à Sexta-feira das 08:00h às 17:00h
Rua Desembargador Leão Neto do Carmo, 1.812 • Jd. Veraneio • CEP 79037-100 • (Pq. dos Poderes) • FONE: (67) 3321-0149 • Campo Grande • MS