Data da notícia: 04/05/2018

Nota de Esclarecimento CFO: Toxina Botulínica e Ácido Hialurônico
O CFO (Conselho Federal de Odontologia) emitiu hoje (4) uma nota de esclarecimento sobre o uso de Toxina Botulínica e Ácido Hialurônico.

==> O CRO-MS irá realizar uma palestra no dia 18 de maio sobre a "Atual situação da Harmonização Facial na Odontologia", com o objetivo de esclarecer dúvidas dos profissionais sobre esse assunto. Saiba mais sobre a palestra clicando aqui

Confira a nota do CFO:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Conselho Federal de Odontologia, no uso das atribuições que lhe confere a Lei nº 4.324/64, regulamentada pelo Decreto nº 68.704/71, vem perante a classe odontológica informar o seguinte:

Conforme já é de conhecimento público, os efeitos da Resolução CFO nº 176/2016 foram suspensos pela decisão liminar proferida pelo MM Juízo Federal da 5ª Vara Federal da Seção Judiciária do Rio Grande no Norte. Decisão judicial que também reestabeleceu os efeitos das Resoluções CFO nº 112/2011, 145/2014 e 146/2014.

Referida decisão liminar foi mantida pelo Exmo. Dr. Desembargador Relator da Segunda Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, após realizar detida análise ao recurso de Agravo de Instrumento interposto pelo CFO.

Em 20 de março de 2018, data da sessão de julgamento no TRF 5ª Região, o sobredito recurso foi retirado da sessão, em razão do pedido de vista apresentado por um dos Desembargadores Federais que compõe a Egrégia Segunda Turma, encontrando-se o citado recurso pendente de julgamento até a presente data.

Diante das notícias tendenciosas que vêm sendo realizadas por algumas sociedades e associações médicas, cumpre esclarecer que o cirurgião-dentista não está subordinado a lei nº 12.842/2013 (lei do ato médico).

Além disso, a Lei nº 5.081/66, que regula o exercício da Odontologia, em seu art. 6º, determina que compete ao cirurgião-dentista, praticar todos os atos pertinentes ao seu mister, decorrentes de conhecimentos adquiridos em cursos regulares ou em cursos de pós-graduação, bem como a prescrever e aplicar especialidades farmacêuticas de uso interno e externo, indicadas em odontologia, como a utilização da toxina botulínica e do ácido hialurônico na área de competência profissional.

Cumpre ainda esclarecer que é permitido realização de cursos, desde que sejam observadas as Resoluções CFO nº 112/2011, 145/2014 e 146/2014 e estejam em conformidade com as determinações judiciais.

Por fim, importante esclarecer que o Conselho Federal de Odontologia, muito embora respeite as decisões provisórias até então proferidas, utilizará de todos os recursos legais para buscar o reconhecimento da utilização da toxina botulínica e do ácido hialurônico, não somente para finalidade funcional/estética, como também para fins exclusivamente estéticos indicados em Odontologia.

Brasília (DF), 04 de maio de 2018.

JULIANO DO VALE
PRESIDENTE


Autor:
Fonte:


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- CRO-MS apoia evento do IMPCG sobre prevenção ao câncer bucal
- Expediente do CRO-MS nos dias de jogos da Seleção Brasileira na Copa
- CRO-MS participa de Caravana da Saúde Indígena no município de Amambai
- ASOP realiza Sábado de Excelência Atendimento de Bebês
- I SEMANA DE ODONTOLOGIA INTENSIVA
- Delegacia Regional de Três Lagoas não terá expediente nesta sexta
- CRO-MS realiza palestras sobre Odontologia Hospitalar nesta quinta e sexta-feira
- CRO-MS não terá expediente nesta quarta-feira em Campo Grande e Corumbá
- CRO-MS esclarece sobre Odontologia Hospitalar em curso de Pós em Gestão Hospitalar
- CRO/MS participa de audiência pública sobre Cursos à Distância na Área da Saúde


CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA
UNIVERSIDADES PARCEIRAS


HOME | CONSELHO | DIRETORIA | PROFISSIONAIS | RECADASTRAMENTO | NOTICIAS | OUVIDORIA | MAPA DO SITE


Horário de Atendimento: De Segunda-feira à Sexta-feira das 08:00h às 17:00h
Rua Desembargador Leão Neto do Carmo, 1.812 • Jd. Veraneio • CEP 79037-100 • (Pq. dos Poderes) • FONE: (67) 3321-0149 • Campo Grande • MS